Hoje, o urubu voa alto no país

73425_Papel-de-Parede-Urubu_1600x1200

Vismar Kfouri

Tem dias na atualidade que vivemos, mesmo lendo os jornais e procurando na mídia eletrônica, não vemos uma saída para o governo da presidente Dilma Rousseff. Ela está tão desastrada na sua administração que se o Brasil for rebaixado novamente pelas empresas que medem o crescimento dos países, nossa inflação vai chegar a Marte primeiro que os americanos e, a miséria será mais baixa que bumbum de sapo cururu.

Lá dos cafundós da Amazônia, o seringalista Sissi, no município de Machadinho D’Oeste, interiorano de Rondônia, manda avisar por sinais de fumaça ao filósofo Zé Praxedes que, se a coisa ficar preta pra ele no Sudeste, ele tem emprego garantido no seu seringal. Arre égua! Será que vou ter quer cortar seringa de novo? Igual ao deputado petista Sibá Machado, do Acre, fazia?

Sissi estava se referindo à manchete do prestigiado jornal do interior de São Paulo, o DHOJE INTERIOR, que em sua manchete disse que: “Balança comercial da região despenca, mas mantém superávit” diante da crise econômica, que atingiu em cheio a região de São José do Rio Preto-SP, uma das mais ricas do estado paulista, a locomotiva que arrasta este país tropical.

Bem, pelo menos me garantiram o pirão de piranha feito com farinha de puba e tempero de tucupi. Isso prova que até as coisas na região da minha elegante e bela Rio Preto estão sofrendo com crise política, econômica e social implantado pelo governo petista que ai está há 13,6 anos no Poder.

O que dizer dos nossos irmãos ai no Nordeste e Centro Sul, onde milhares de operários foram demitidos, outros milhares estão também sendo diariamente demitidos, indústrias falindo e fechando suas portas, o comércio sofrendo sua pior retração, lojas também fechando em todas as cidades brasileiras em todos os estados da federação?

Como crescer se os políticos que estão no Poder não se entendem? O super ego das vaidades falam mais alto? Ou é estratégia mesmo? O ex-presidente FHC esnobou o outro ex, Lula da Silva, e o colocou abaixo da sola de sua alpargata. Será que é hora para aproveitar da fraqueza do outro, ou juntarem as forças, unirem todas as facções políticas e tentar tirar o Brasil do desastre sócio-econômico e político que vivemos?

Quando a Justiça irá processar os políticos que estão no Poder? Inclusive os presidentes do Senado Renan Calheiros e o deputado Eduardo Cunha da Câmara Federal, ambos acusados de fazer parte da Operação Lava Jato com outras dezenas de congressistas que ainda nem tiveram seus nomes divulgados?

Por muito menos, Fernando Collor de Melo sofreu impeachment, e agora novamente apareceu em destaque na mídia nacional, porque teve meia dúzia de carrões importados avaliados em milhões de reais, apreendidos em sua belíssima Casa da Dinda, em Brasília.

Os experts da mídia nacional, em política, não se entendem. Na noite de ontem eu vi em todos os meios eletrônicos de comunicação, pontos divergentes sobre a promessa do movimento para o próximo dia 16. O mais coerente e que analisa

sem medo, com conhecimento e com clareza, foi o jornalista Boris Casoy do Jornal da Noite da Band. Além de conhecer e entender de política, ele também não tem medo de analisar friamente a situação que atravessamos no momento em que vai virar uma eternidade, redundância à parte!

Quando o cidadão pede no açougue osso pro seu cachorro e faz sopa para a família, é porque a política econômica do seu país já está nas intangíveis alturas onde, nem avião comercial mais voa com tanta intensidade como há pouco tempo passado.

A minha querida e honorável Santa Tambura, que está ajudando o pajé Miratinga da tribo dos Uru Eu Uau Uau, lá no interior de Rondônia, a fazer uma pajelança para salvar o Brasil da desgraça em que se encontra, disse o seguinte:

“Do jeito que tá quem voa alto aqui no Brasil é os urubus de penas, estes pegam um vento ascendente e ficam horas voando, voando, e observando onde está a carniça aqui em baixo, para virem fazer a limpeza”.  Vamos esperar para ver quem vai virar carniça para os urubus que espreitam com tanta paciência e, de mansinho, vem comer na surdina a vida do brasileiro atual? Ou vamos agir antes e espantar os urubus? Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com Contatos p\palestras: 17-99186-7015.

Anúncios

4 comentários sobre “Hoje, o urubu voa alto no país

  1. Os políticos precisam descer do salto alto com urgência. Se cada um admitir seus erros, tudo fica mais fácil para solucionar os problemas. Agora, se cada um ficar puxando a sardinha para o seu prato, todos vão morrer abraçados, principalmente o povo. João de Oliveira, Olímpia-SP.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Será que os políticos acham que são donos do Brasil? A maioria deles só legisla em causa própria. A reforma política que está em andamento no Congresso Nacional, por exemplo, está sendo feita de acordo com os interesses deles. O ideal seria acabar com o voto obrigatório e com a reeleição para deputados e senadores, mas, infelizmente, essas propostas foram descartadas,

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s