Política tem bom senso? Se tem, onde anda?

Trem_Passageiros

Às vezes paro pra pensar o que estou fazendo neste mundo bizarro em que vivemos se, na verdade, gosto de tudo certinho, nos seus mínimos detalhes e, nada disso acontece, nem aqui e nem alhures.

São tantos detalhes que acontecem minuto a minuto, aqui pertinho da gente e lá longe, no Oriente Médio ou na Região Amazônica onde passei a maior parte da minha vida.

Aqui mesmo na minha elegante e bela Rio Preto, fiquei imaginando por que ter vereadores, deputados e congressistas e prefeitos, se tudo o que eles fazem, ou é impensado ou, muito pensado e que pode dar certo ou não.

Só para exemplificar um dos casos que a gente vê à miúde nos meios de comunicação e não se entende, por que pagamos tantos impostos para arcar com salários de servidores e políticos.  Eles não estão preparados ou se falta assessoria para jogar na cara do contribuinte, leis que são consideradas estapafúrdias, quando se sabe que uma lei menor não se sobrepõe à maior.

Pois aqui em Rio Preto, a vereadora do PSDB, a senhora Alexandra Trigo, colocou um projeto no plenário da Câmara, que foi aprovado pela legalidade e depois da aprovação do mérito vai para que o prefeito sancioná-lo ou não. Até ai nada demais, é dever dos legisladores, legislar. Mas devem ter assessorias jurídicas que os informem quando pode isso ou aquilo. E, pelo visto a vereadora Alexandra Trigo não sabe disso. Tanto é que fez o projeto pedindo a suspensão do trânsito dos trens da ALL (América Logística  Latina) para que não trafegue entre as 22h até as 6h da manhã. Então os trens poderão apenas trafegar no horário diurno, deixando de fazê-lo no horário noturno. Beleza! Que inteligente essa lei, não? Dá pra imaginar os rio-pretenses, o que será do centro da cidade no horário diurno? Se os trens não podem transitar de noite, então durante o dia as ruas General Glicério e Bernardino de Campos irão paralisar a cidade, porque haverá um acúmulo de composições que transportam os grãos de Mato Grosso para Santos?

Já imaginaram os comboios que ficaram esperando parados fora dos limites urbanos no período noturno, transitarem todos de uma só vez, no período diurno? Sabem o que é isso, perguntou irada minha Santa Tambura lá dos paranás da minha bela e pirateada Amazônia. Simplesmente um caos, ela completou…

Até o sábio seringalista lá dos cafundós da bela floresta verde da Calha Norte também mandou perguntar para a ilustre vereadora rio-pretense, se já não existe uma lei federal normatizando o trânsito da via férrea? Como poderá uma lei municipal passar sobre a federal? Vamos deixar que a Justiça resolva o impasse, afinal, ela existe para isso mesmo, não?

Mas mudando de assunto, antes de encerrar este artigo, o filósofo Zé Praxedes lá dos cafundós também das fronteiras desguarnecidas do Nortão Brasileiro, ficou irascível quando viu a reportagem na mídia nacional sobre o que meninos que usam cerol nas linhas de pipas fizeram com várias araras na área urbana de Santa Fé do Sul. Algumas delas se feriram nas linhas que usam pó de vidro moído, perderam asas e morreram. O mais triste é que as araras canindés estão em extinção e nesta cidade do interior paulistas elas se urbanizaram porque se sentem mais seguras nas áreas urbanas. É uma pena, menor não paga multa, não fica preso, pode bater na mãe e na professora, pode matar gato enforcado, só vai à escola para bater nos coleguinhas, se alimentar, usar ou vender drogas. E onde estão os pais ou responsáveis, ninguém sabe ninguém viu!

Certa vez Jean Paul Sartre disse numa palestra feita numa escola da periferia de Paris: “o pior inimigo do homem, é o ócio.” Até Sócrates havia feito esse comentário e seu seguidor Platão, também martelava na cabeça dos meninos de sua época essa frase que sempre é nova, sempre se renova e sempre será correta.

Eu gostei e acredito que toda a meia dúzia de leitores meus também! “O cão ladra, a caravana passa,” ditado árabe para que ninguém esqueça que o mundo é redondo, até as pedras que rolam se encontram um dia. Vou! Fui! Inté!

 

Vismar Kfouri – jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com – blog https://kfouriamazonia.wordpress.com/ – Contatos para palestras: 17-99186-7015.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s