Estaria o efeito estufa no seu final?

efeito estufa

Imaginem a quantidade de CO2 que está sendo lançado ao ar diariamente pelo Brasil e pelo mundo afora neste momento em que as queimadas feitas pelo Homem diariamente, aqui e alhures, provocam na atmosfera?

Pois é, além do fumacê provocado pelas queimadas que os agricultores fazem em grandes pastagens, ou os milhares de pequenos agricultores que também o fazem para limpar seus terrenos, imaginem o estrago que isto faz na saúde do ser humano. Para eles, isto se faz necessário para limpar o terreno para a próxima safra, será que desconhecem o mal que ocasionam na atmosfera e na vida dos seres vivos?

No artigo anterior eu disse que o mundo está em chamas e, o mesmo continua. O homem deixa de ser racional quando a ganância supera os limites dos parâmetros que deveriam nortear nossa conduta diante das necessidades que tanto nós, quanto o planeta, necessitam para sobreviver.

Minha Santa Tambura me lembrou de que parte de nossa querida e luxuriante Amazônia foi e continua sendo devastada, para que pecuaristas criem mais bois nela. Lembrou ainda da devastação feita sob o comando do ex-governador de Mato Grosso, senhor Blairo Magge, que derrubou o Norte de seu estado para implantar grandes áreas de pastagens e outro tanto para o plantio de soja.

Até ai tudo bem, só que o brasileiro não está se beneficiando nem do boi e nem da soja que são exportadas e o dinheiro arrecadado vai para o ralo da corrupção do governo petista e Tudo Continua Como Dantes no Quartel de Abrantes.

E no Sudeste os incêndios nos canaviais para fazer um pouco de açúcar e bilhões de litros de etanol, mandam milhões de toneladas de CO2 para a atmosfera. Só espero que no futuro possa a ciência cibernética, criônica ou istriônica, ou o raio que o parta, transformar etanol em algo que possa matar a fome dos brasileiros que elegeram esses políticos gerados com apenas dois neurônios que comandam o país. Além de serem apenas dois neurônios, eles são tetraplégicos.

Todo mundo quer incendiar o planeta. Há pouco tempo, vindo de Três Lagoas-MS para Andradina-SP, ao escurecer, um amigo se deparou com dois integrantes do MST, com tochas nas mãos, colocando fogo na mata vizinha à rodovia. Imaginem o que eles não estão fazendo hoje nos assentamentos?

Ao invés de plantar cana para transformar em combustível, por que não aproveitar a invenção de um mecânico aqui do interior paulista que transformou água em combustível? Seria o caos da indústria petrolífera?

Então por que os americanos estudam meios de descobrir novas fontes de combustíveis? Elementar meu caro Sissi, eles não possuem mais estoques naturais de petróleo de fósseis animais e vegetais que são transformados através de custos altíssimos em refinarias. Eles dependem da produção do Oriente Médio, por isso eles atuam muito naquela região.

Recentemente os Estados Unidos informaram através da mídia especializada em ciência, que cientistas conseguiram “criar um catalisador de tetrâmetro de cobre que transforma gás carbono  em etanol.”

Maravilha, não? Imagine que  no mundo da pesquisa energética a tecnologia de carbono é vista como uma das fronteiras finais: E se existisse um composto capaz de retirar todo o tipo de gás causador do efeito estufa da atmosfera? Pois os cientistas do Departamento de Energia dos Estados Unidos fizeram isso. Ao identificar um novo material que não apenas captura o CO2, mas o converte em combustível. O novo combustível foi chamado de tetrâmetro de cobre e consiste em pequenos grupos de quatro átomos de cobre, unidos por uma fina camada de óxido de alumínio.

Segundo os cientistas, essa descoberta ajuda os tetrâmetros a acelerar a sua conversão em metanol, que pode ser armazenado ou queimado em forma de combustível. Esse sistema poderá, no futuro, ser instalado dentro de uma chaminé, capturando gases do efeito estufa antes mesmo que eles sejam liberados na atmosfera. Gostei desses cientistas, que eles ajam logo antes que nosso planeta azul vá pro beleléu, como já foram quilômetros quadrados de mata Amazônica.

Como será o caos no planeta se descobrirem novos combustíveis mais baratos e menos poluentes? Onde anda nosso “cientista” que criou combustível da água? Ninguém lhe deu crédito por ser ele um simples mecânico? Gostaria de saber… Eu e Minha Santa Tambura e o seringalista Sissi, também. Vou! Fui! Inté!

 

Vismar Kfouri – jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com – blog https://kfouriamazonia.wordpress.com/ – Contatos para palestras: 17-99186-7015.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s