Não há exceção, o Brasil quer mudanças já!

download

O que vimos neste domingo foi o exercício da plena democracia e também o repúdio nacional que o povo brasileiro demonstrou de Norte a Sul, de Leste a Oeste, que não aguenta mais o governo de Dilma Rousseff, o PT e o senhor Lula da Silva. Se pudesse o povo brasileiro os mandaria para Bagdá ou para um Oasis no meio do Saara.

Foi uma verdadeira aula de democracia do povo brasileiro, sem confrontos, sem ordem de palavras contra os cidadãos petistas, mas apenas contra o que representa hoje no cenário brasileiro os representantes políticos radicais desse partido que não querem largar o osso, ou fazem ouvidos de moco.

O povo espoliado, faminto, exaurido, que teve sua dignidade tirada todos esses anos de governo petistas, não suportou mais e foi às ruas do país todo pedir o impeachment der Dilma Rousseff e que o senhor Lula da Silva desapareça de vez do cenário. Ou pelo menos, ele seja levado para a mesma cela em que está seu ex-ministro Zé Dirceu, aliás, até roupa de presidiário o Zé povinho deu a ele neste domingo.

No entanto, o estilista que fez a roupa de presidiário do Lula, deve ter copiado a roupa que os Irmãos Metralhas, personagens  do saudoso Walt Disney, vestia os inimigos mortais do Tio Patinhas. Mas tudo bem, a carapuça serviu.

Lá em Garanhuns, a cidade pernambucana onde Lula nasceu, um cabra da peste foi pra rua com uma peixeira de quase um metro de tamanho e, disse solenemente: “aqui este cabra da muléstia não pisa mais não, sinão eu corto os bagos dele.” “Num percisa mais não homi, aquilo só tá lá de infeiti, respondeu outro conterrâneo enraivecido do ex-presidente.”

A Santa Tambura se “arrupiou,” como se fala na Amazônia, o seringalista Sissi, disse que os cabras machos de Garanhuns ainda estão residindo lá, não migraram não e, o filósofo Zé Praxedes, muito pensativo, tem outras ideias a respeito deste domingo.

Para início de conversa ele se lembrou da megalomania de Adolf Hitler, mas depois ponderou o seguinte: o que o alemão tinha na barriga é o que Lula tem no lugar dos neurônios. E a batatinha dele já está quase assada pelo mestre cuca Sérgio Moro que não tá perdoando ninguém, caiu na sua rede tá em cana.

Tenho certeza que este juiz gostaria que as leis fossem mais severas, afinal, foram feitas pelos congressistas que legislaram em causa própria e, agora estão se beneficiando delas.

A mídia internacional deu destaque aos acontecimentos aqui no Brasil. A maioria diz que o país está ingovernável, a presidente Dilma não pode ser tirada do Poder devido às leis, mas também não pode governar porque perdeu o poder de administrar. A sua popularidade, diz um jornal europeu, o Francês Le Figaro: “o partido dos Trabalhadores perdeu a união dos partidos da aliança que dava a maioria ao governo no Congresso Nacional e, este se dividiu e o país ficou ingovernável”. E o povo está sofrendo com a falta de governabilidade e bom senso dos políticos que presidem o Congresso Nacional. Está tudo rachado e falando em línguas da Torre de Babel.

Outros jornais europeus afirmaram que a Operação Lava Jato vai demorar muito, no entanto analistas brasileiros afirmaram que há material suficiente para levar a presidente ao impeachment assim que o TCU e o STF julgarem as contas e as pedaladas fiscais da presidente.

Outra situação constrangedora está para acontecer, o procurador da República Janot vai apresentar as denúncias contra o presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha, e contra o senador Fernando Collor, que foi presidente da República e foi vítima de impeachment.

A mesma situação que estão pedindo para a atual presidente Dilma Rousseff. Depois disso, o futuro da política brasileira ficará incerto e ninguém sabe o que acontecerá, acreditam os especialistas.

Uma coisa a presidente Dilma soube: nas regiões que votaram nela na última eleição e a elegeram, hoje nela não tem voto nem para elegê-la a gari de Prefeitura, nada contra os garis, pelo contrário, estamos livrando a cara deles de maus elementos. É o ônus do que o povo cobra para quem engana, mente, rouba, deixa roubar e ainda não sabe administrar o dinheiro do contribuinte.

E ainda permite que empresários, executivos, políticos e servidores formem uma imensa quadrilha, maior que a do famoso ladrão mitológico Ali Babá e seus 40 ladrões.

A manifestação de domingo foi uma unanimidade de desgosto que a nação brasileira mostrou aos governantes e políticos, sindicalistas e adeptos do Partido dos Trabalhadores que já tiveram tempos melhores. O futuro está nas mãos e nas ações dos homens que pensam que são bons brasileiros. Assim pensa minha Santa Tambura e eu também. Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com – blog https://kfouriamazonia.wordpress.com/ – Contatos para palestras: 17-99186-7015.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s