Em política o Brasil nada mudou depois dos militares

luz no final di

 

Estive relendo um artigo que editei numa quinta-feira, em 30.08.90, no extinto diário rondoniense, “O Guaporé”, jornal onde vivi a maior parte da minha vida como repórter. O nome do artigo é: “Os homens do Brasil”.

Pois é, relendo com muita emoção o velho artigo, cheguei a conclusão que, em termos de política, o Brasil tá mesmo ferrado, não vejo nenhuma luz no final do túnel. Mostrei pra minha amada Santa Tambura e, depois de ler o velho artigo, ela chegou a mesma conclusão que eu: estamos num túnel não apenas sem luz, mas também sem saída alguma.

Em síntese, completou o velho e sábio seringalista Sissi: “isto quer dizer que o brasileiro tá ferrado mesmo?” Nada mais elementar meu caro, disse o filósofo Zé Praxedes depois de ler também o velho artigo do extinto e importante jornal que foi O Guaporé de Porto Velho, na história de Rondônia.

Nele, este articulista abria assim o artigo de 25 anos passados: “Sarney dizia ao assumir o timão da nação que iria “matar a pobreza do Brasil”. Quase conseguiu, passou a bola para Collor que à guisa de verdugo está conseguindo cumprir a promessa do seu antecessor. Tudo sobe neste país de famintos, menos os salários dos trabalhadores que cada dia estão mais achatados que gilete no asfalto”

Agora, eu pergunto hoje, aos meus leitores se alguma coisa mudou na política de 25 anos passados com a dos petistas de Lula e Dilma na atualidade?

Se Sarney e Collor não mataram todos os pobres e operários do Brasil, nestes 25 anos, com certeza a presidente Dilma Rousseff está conseguindo.

O país idolatrado, salve, salve, sua gente que não aguenta mais de tanto arrocho, desemprego, quebradeira industrial, recessão, dólar nas alturas, o real virando papel higiênico, luz, combustível e comida, são as únicas coisas que sobem, onde vai acabar isso?

Eu já sei! Gritou o pajé Miratinga da tribo dos Uru Eu Uau Uau,  lá das entranhas da pirateada floresta Amazônica que sangra e chora diariamente com o desmate ladrão de maus servidores públicos conluiados com empresários corruptos. São iguais os que estão sendo sabatinados ou presos na Operação Lava Jato e outras que pululam, por esta nação vilipendiada pelos próprios filhos… Tomara que não se tornem pizzas nas mesas de ricaços que irão saboreá-las com vinho francês ou italiano…

Pois é, meus parcos leitores, dói o coração quando vejo tanta impunidade ao longo de 40 anos de jornalismo sério, voltado ao povo sofrido e humilhado neste país, por maus políticos. Que fazer?

Acredito que, se fôssemos mais cultos, saberíamos escolher com sabedoria e sapiência nossos vereadores, deputados estaduais e federais, senadores e presidentes da República que teima em continuar sendo adjetivo de Republiqueta de Bananas, como nos velhos tempos do “velho governo” ou, antes dele também.

Infelizmente, vejo a água passar sob a ponte e sei que ela não irá moer mais o trigo e nem gerar energia elétrica, duas coisas que o brasileiro está para deixar de ver devido o caos que a política tem feito com estes dois produtos bem distintos, mas primordial na vida do cidadão e sua família.

E haja inflação alta, deflação, aumento de dólar e de combustível, alimentos, água e energia elétrica, pedágio que encarece o frete e, consequentemente o alimento que mata a fome dos incautos brasileiros que elegeram centenas, milhares de políticos incompetentes e corruptos por este Brasil sofrido afora.

As matanças de ambientalistas continuam, árvores são surrupiadas na floresta amazônica, não há educação, saúde e segurança. Vamos virar uma Etiópia ou uma Biafra dos anos 70?

Nada mudou em 25 anos, mudaram apenas os urubus, a carniça continua igual… Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com Blog: https:\\kfouriamazonia:worpress.com – Contatos P\palestras: -99186-7015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s