Temer trai Dilma e Brasil pode despencar no precipício

Temer

A declaração do vice-presidente da República, Michel Temer, feita através da grande mídia, pode ser interpretada como um ato de traição ao pacto que tem com o Partido dos Trabalhadores da presidente Dilma Rousseff que, desde o início do seu segundo mandato vem enfrentando turbulências, furacões e tsunamis no Palácio do Planalto.

Há meses o país vem enfrentando turbulências políticas e econômicas  na administração da senhora Dilma Rousseff (PT), reeleita com pequena margem de votos do seu concorrente Aécio Neves (PMDB). Só que ela não soube controlar os gastos da Federação e, hoje, a conta do país está desgovernada idêntica a um avião que perdeu seus pilotos. E, não adianta apertar os cintos, a queda parece eminente.

Dilma vem tentando manter o Poder através de alianças com vários partidos que procuram tirar vantagens para suas frigideiras. O maior aliado dela, o PMDB, do seu vice Michel Temer,  que surpreendeu o mundo político nacional e porque não dizer internacional, ao afirmar em rede de televisão que está difícil para Dilma governar. Disse ele: “são três anos muito longos, vai ser difícil ela se manter até o final do seu mandato”.

Ora, se o vice Michel Temer, que até agora atuava como coadjuvante e bombeiro de Dilma junto ao Congresso Nacional,  já que o seu partido, o PMDB, é o que tem mais parlamentares nessa Casa e, sempre foi o maior aliado do PT da presidente. Como agora a política econômica brasileira caiu num precipício, sem chance de recuperação, a curto ou médio prazo, o senhor Michel Temer amarelou e deu sinais evidentes de que a aliança com Dilma também foi para o precipício que ele, seu partido e aliados jogaram-na juntamente com o Brasil.

Voltar a falar de tudo o que vem acontecendo na economia brasileira e nos escândalos de corrupção pela qual passamos, é chover no molhado, disse minha Santa Tambura lá dos cafundós da minha linda e pirateada Amazônia.

Por mais otimistas que possamos ser, não existe uma política pragmática de momento que possa solucionar a crise brasileira num passe de mágica. Nem os Quatro Justiceiros, da telinha mágica conseguem, completou meu amigo seringalísta Sissi, lá das margens do rio Machadinho D’Oeste, no interior de Rondônia.

Enquanto isso, o bode expiatório brasileiro, o ministro Joaquim Levy, mesmo constrangido com o impasse sobre sua viagem para se juntar ao G 20, o grupo das vinte nações mais ricas do mundo, do qual o Brasil faz parte, não ameniza ou dá alguma esperança a curto prazo para sairmos da catástrofe política e econômica que a senhora Dilma Rousseff e seu partido nos colocaram.

Já o filósofo Zé Praxedes, também foi enfático ao afirmar: “estamos navegando no espaço sideral sem rumo, sem documento, igualzinho um meteoro que, a qualquer instante poderá se chocar com um planeta ou ser engolido por um buraco negro”. Arre égua! Exclamou o Nézin Manguaça e já  perguntando: “Quer dizer que o mundo vai acabar? Então hoje é que o mundo vai acabar? Camaradas, bebam todas que é por minha conta!”

Calma gente, vamos esperar o feriado prolongado terminar, afinal ele mal começou. Vamos dar tempo para os políticos se juntarem, trocarem ideias, fatiar novamente o bolo, saber quem vai ter o poder de ficar com a maior fatia, afinal, em política tudo é possível, menos perder.

Pode também ser que vão pedir imediatamente o impeachment da senhora Dilma e ai sim, saberemos se o senhor Michel Temer perdeu o controle ou falou o que falou para iniciar o fim da aliança com a presidente ou, foi só um descuido para distribuir abobrinhas na grande mídia?

Como o momento é muito especial, não vamos falar de escândalos da Lava Jato e outros milhares que ocorrem diariamente por este país afora. O momento é de espera. Quem viver, verá! Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com –Blog: https:\\kfouriamazonia.worpress.com – Contatos P\palestras: 17 99186-7015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s