Governo erra e o povo é condenado

C unha

 

O Brasil passou a fazer parte do Clube dos Caloteiros Mundiais, juntamente com Argentina, Grécia, Venezuela e outros paísitos mais, todos rebaixados por empresas especializadas a medir o grau de confiabilidade dos aplicadores internacionais.

Por mais paradoxal que seja um governo desastroso, não poderia  descarrilar a locomotiva que transportava uma das maiores economias mundiais, mas fez. Agora tenta de modo estabanado tentar recolocar esta mesma locomotiva nos trilhos. Fica mais difícil, não?

A presidente Dilma tenta justificar seus erros, apelando na mídia e tentando por todos os meios inconstitucionais, recriar a famigerada CPMF, medida para tirar um quinhão de todas as transações bancárias do país para cobrir o rombo do roubo praticado pelos membros do seu governo e, desde a administração de seu antecessor e guru, o senhor Lula da Silva.

Afinal, foi ele o criador do Partido dos Trabalhadores, que por isso mesmo, mereceria ter seu partido bombardeado por um submarino nazista. Até a classe trabalhadora desempregada pelo desgoverno destes dois megalomaníacos iriam aplaudir!

As medidas que Dilma tenta impor ao Congresso Nacional, pode passar no Senado Federal do senhor Renan Calheiros que, tempos atrás, pagou a conta de pensão alimentícia de um filho gerado por uma assessora, com dinheiro público e, que agora está sendo acusado sigilosamente de acordo com a Lei, na Operação Lava Jato. Tudo que Dilma pedir, ele fará o possível para aprovar.

Mas em contrapartida, na Câmara Federal, onde os projetos de “austeridade” da presidente Dilma também deverão ser aprovados, já foi dito explicitamente na grande mídia, que nesta Casa de Leis, não passará. E, em alto e bom som pelo próprio presidente Eduardo Cunha, do mesmo partido do presidente do Sanado Federal e do vice-presidente Michel Temer, do PMDB.

Acontece que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, não está lendo na mesma cartilha dos ex-companheiros do PMDB, que rachou como mamão maduro quando cai do pé. Os opositores dançam e riem da desgraça alheia e, diariamente, entram com novos pedidos de impeachment da presidente Dilma.

As mudanças que Dilma pretende fazer na administração do seu governo, nada mais é que tentar tapar o sol com a peneira. Nem seu ministro da Fazenda, Joaquim Levy, desacreditado por todos do PT, que pedem sua saída diariamente do cargo, acredita ou sabe o que fazer.

Até o senador, que é líder do PT no Senado, já acha que a melhor medida é repatriar o dinheiro que brasileiros levaram para o exterior ilegalmente, isto é, sem pagar impostos. Ai, eu, a Santa Tambura, o seringalista Sissi, o pajé Miratinga, da tribo dos Uru Eu Uau Uau, todos lá dos cafundós das florestas de Rondônia, gostaríamos que isso acontecesse. Afinal, pela primeira vez na história brasileira, os maus pagariam para proteger os inocentes ludibriados pelos petistas.

Todavia, esse pedido do senador Lucena do PT cearense, e líder do governo no Congresso, é porque ele sabe que os pedidos de Dilma não serão aprovados.

Se os bilhões de reais desviados da Petrobras, por servidores do PT que a administravam, em conluio com empreiteiros, lobistas e doleiros, já ficou mais que comprovado, viraram fumaça, não estará nossa lenta Justiça no Direito de acelerar um pouquinho só, sua máquina e desfazer o nó que o PT, ou o capeta, deu nas portas dos bancos que deveriam se abrir somente para pagar as contas honestas da administração pública?

Agora arrochar ainda mais a combalida economia brasileira, tirar o que sobrou na mesa das famílias, obrigar a todos a pagar pelos seus erros, esse governo merece continuar no Poder? Se continuar, quantos anos ou décadas iremos ter que suportar desemprego, arrocho salarial, inflação alta, falta de saúde, educação e segurança? Isso sem falar na quebra das indústrias que ainda funcionam precariamente se, a maioria, já demitiu milhares de operários e outras fecharam as portas?

Enquanto isso, no Congresso Nacional, ninguém fala a mesma língua. Parece a Torre de Babel. O ex-ministro de Lula, o senhor Zé Dirceu, já virou réu novamente, agora na Lava Jato. Quando iremos lavar o Brasil todo? Não sei! Quem souber que me diga! Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com – Blog: https:\\kfouriamazoniawordpress.com – Contatos P\palestras: 17-99186-7015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s