Congresso vira mercado persa e Dilma respira aliviada

presidente

 

 

Desde a conturbada crise que passamos com Sarney e Collor de Mello, nos idos de 80 e 90, que não passávamos por outra de dimensões tão iguais ou pior. Já está cansativo falar que a presidente Dilma Rousseff e seu Partido dos Trabalhadores, estão, mais perdidos que nave brasileira no espaço sideral. Pois é, quem já viu uma nave brasileira singrando o espaço sideral?

Acreditem mesmo, pois nem eu e tampouco minha maravilhosa Santa Tambura lá das úmidas florestas da pirateada Amazônia brasileira em seus 1.750 quilômetros desguarnecidos e pirateados diariamente, acreditamos. Algum brasileiro viu uma nave nacional subir? Claro que não! Quanto mais perdida no infinito do cosmo!

Quem tá perdida por lá deve ser a presidente Dilma que negocia com o capeta e Deus ao mesmo tempo para se manter no Poder. Mas acredito que no Congresso Nacional, Deus não entra não!

Aliás, na noite de quarta para quinta, quando Dilma resolveu arriscar tudo no plenário, ela agiu como se estive no antigo mercado persa, aceitava e negociava por tudo e com todos. Prometeu e cumpriu. Em troca do Ministério da Saúde, os dissidentes do PMDB se uniram novamente e o desacreditado Congresso Nacional manteve o maior número de vetos da presidente e, nem chegou a analisar o pedido de aumento salarial do Judiciário, cujos funcionários lotaram o plenário e forçavam os deputados e senadores a aprovarem o pedido deles.

Mas o mesmo não chegou a ser analisado, deputados e senadores mantiveram 26 vetos dos 32 enviados pela presidente, incluindo o que barrou  a alternativa ao fator previdenciário. Os congressistas afirmaram já na madrugada que não há data para a retomada da votação.

No entanto, as medidas tomadas pelos congressistas, totalmente não ideológicas, mas sim mercadológicas, vai ajudar a presidente Dilma se manter no cargo e melhorar um pouco a crise em termos internacionais.

Acredito que vai demorar um pouco mais para sermos rebaixados novamente pelas agências de riscos internacionais. Até o sábio seringalista Sissi, lá das entranhas do seu seringal respirou um pouco mais aliviado, mas não consegue vender os precatórios que recebeu pela desapropriação de suas terras.

Aliás, sobre o impeachment da presidente, um deputado petista chegou a afirmar que a votação pode servir de espelho para o caso de pedidos sobre impeachment, porque o Congresso Nacional deu provas de que ela ainda pode unir todos os congressistas em torno de sua administração para tentar tirar a vaca atolada do brejo.  Quem viver verá! Filosofou Zé Praxedes que estava ontem em Belém do Pará, no Ver o Peso, saboreando um delicioso tacacá

Mesmo com o dólar ultrapassando a barreira dos quatro reais, a inflação beirando os 10% e a taxa de desemprego ultrapassando também os oito por cento, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, chegou a afirmar depois da votação que beneficiou os vetos presidenciáveis, que “a ficha está caindo”… Só se for a dele quanto ao seu pedido de demissão que já ensaiou algumas vezes.

Até o Nézin Manguaça, que estava sobrio ontem pela manhã, ponderou que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deve tomar canjinha com caldo de galinha, pois ela sim não faz mal à ninguém. Sabedoria natural dos bebuns, que de vez em quando têm um rasgo de lucidez?

O único, dizem os cultos, que sabe escrever certo por linhas tortas, é Deus. Será o Nézin um anjo e eu não sábio? Arre égua! Faca, Facão, Farinha, Jabá! Se benzeu o Mundinho, lá na caatinga nordestina onde procurava água pra matar a sede dele e da família, já que a construção do rego de cimento que o Lula iniciou no rio São Francisco, não consegue terminar, apenas piorou a situação. O São Francisco está assoreado e pode desaparecer, dizem os ambientalistas, assim como a floresta amazônica se não tiver uma lei que decrete: desmate zero já!

Enquanto o mercado persa, aliás, o Congresso Nacional, trabalhou uma vez de verdade este ano, a crise no Brasil vai batendo os recordes das crises de Sarney que pendurou as chuteiras, e a de Collor de Mello que é senador da República e está para ser cassado de novo por corrupção.

Quando o brasileiro vai aprender a votar? Não sei. Perguntem ao Pelé! Quem souber que o diga. E agora vem mais um partido ai, a REDE, da senhora Marina Silva, que teve a inscrição homologada pela Justiça Eleitoral. Realmente o país tem que arrecadar mais para manter agora 34 partidos, todos sem ideologia política, mas todos com ideologia monetária. E o Zé Povinho, óh! Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com – Blog: https:\\kfouriamazoniawordpress.com – Contatos P\palestras: 17-99186-7015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s