Ligaram o liquidificador com o Brasil dentro

liquidificador

 

Agora é que ninguém acredita que no final do túnel tem uma saída ou uma luz para o Brasil escapar desse imbróglio que o governo Dilma Rousseff, PT, colocou a sétima maior economia do mundo.

Especialistas internacionais e nacionais estão para rebaixar outra vez a nota de seriedade de nossa economia. Na realidade atual, a administração conseguiu colocar o Brasil num liquidificar e o ligou na maior velocidade que é para não deixar resquícios do que foi este país gigante.

Na abertura da sessão da ONU, a senhora Dilma só faltou suplicar para as demais nações virem ao Brasil, em estado de emergência, aplicar seus dólares em nossos cofres esvaziados pela sua má administração em conluio com maus aliados, e gente do próprio partido. Sua peroração foi pífia e não levada a sério.

Lembrou o sábio seringalista lá dos confins da depredada Amazônia, que juntaram todos os políticos do Executivo e do Legislativo e os colocaram para construírem outra Torre de Babel. Como ninguém se entendeu, ela ruiu e caiu por terra. Bela apologia meu guru… Até minha querida Santa Tambura o aplaudiu!

Sobre o Meio Ambiente, tanto ela quanto os presidentes americano Obama e o russo Putin, sofismaram e de imediato provaram que nada irão fazer para diminuir o degelo, acabar com o efeito El Ñino e o efeito Estufa. A China e Rússia mal tocaram no assunto. Só falaram sério em torno de guerras e ditaduras que usam as armas fabricadas pelas suas nações. Dilma prometeu que até 2035 acabará o desmate na Amazônia.

O filósofo Zé Praxedes, que mora lá onde o coronel perdeu os coturnos, nos cafundós da maior floresta tropical do planeta, mandou dizer aos meus parcos leitores, que até 2035, não restará um só pé de pau em pé, (acho que ele quis dizer árvore) ainda mais tendo como ministra da Agricultura a senadora Katia Abreu, do PMDB, filha do Tocantins, mas que derrubou mais da metade de tudo quanto era verde por lá, para implantar agricultura e pecuária. Ela sim, não pode ver pau verde em pé.!

E essa ministra sinistra ainda tem como aliados outros dois que não podem ver pau em pé na Amazônia, o ex-governador de Mato Grosso, Blairo Maggie e, o atual ministro Aldo Rabelo, da Ciência e Tecnologia que, quando ministro do Meio Ambiente, mandou diminuir a largura das matas ciliares em todos os rios do Brasil. Em Santa Catarina diminuíram 15 metros de mata ciliar, que já era pequena e, mataram milhares de olhos d’águas que abasteciam os riachos.

Quem quiser conhecer a Amazônia do jeito em que ela está aproveitem o momento, pois seu futuro é incerto. Como é incerto também o que irá acontecer amanhã na política do Brasil, após o retorno ontem de Nova Iorque da presidente Dilma.

O PT está mais desacreditado que estelionatário atrás das grades. Até políticos do próprio partido e uma fundação que faz parte dele, criticaram severamente a atual administração. O maior aliado, o PMDB, tá mais rachado que o chão ressequido do árido nordestino.

Para piorar a situação de Dilma, o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), também está mais sujo que pau de poleiro de tucano, isso para não falar do presidente do Senado Renan Calheiros, também do PMDB, que  está no bico do urubu e, ambos podem ser processados a qualquer momento na Operação Lava Jato. As próximas 24 horas terão momentos memoráveis na política brasileira.

A presidente terá que acalmar a gregos e troianos do Congresso Nacional quando chegar o momento de fatiar o bolo dos ministérios. O PMDB rachado, o PT não querendo largar o osso, a presidente necessitando urgentemente agregar todos seus aliados e desafetos sob suas asas para tentar construir uma situação política econômica e sólida, se quiser continuar pilotando este grande navio que está à deriva em mar revolto.

O Congresso Nacional reflete o que aparece no espelho. Divergências em alto nível em todos os partidos, deputados xingando colegas de oposição e, usando de palavrões, mesmo estando ao vivo na mídia televisiva. O PSDB atacando como abelha africana no horário político, como se no partido só existisse santinhos. Preste atenção leitor, a jurupoca vai piar nas próximas 48 horas. Vai mesmo! Ligaram ou não o liquidificar com o Brasil dentro? Pobre Zé Povinho chorou a Santa Tambura! Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. < kfouriamazonia39@gmail.com>Blog: https:\\kfouriamazoniawordpress.com – Contatos P\palestras: 17-9918670-15.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s