É difícil acreditar em futuro sem corrupção

luis claudio

Luís Cláudio Lula da Silva

 

O séquito amazônico reunido na aldeia do pajé Miratinga dos Uru Eu Uau Uau, nas selvas rondonienses, após analise acurada dos fatos políticos que vem ocorrendo no Brasil, especialmente na Calha Norte, onde as fronteiras permanecem desguarnecidas e a nossa madeira de lei vendida com falsos manejos no Sul da Amazônia, não eleva nossa estima e nem nos transforma mais em seres esperançosos com um porvir risonho para breve.

Em conversa de pé de ouvido com meu amigo e sábio seringalista Sissi, após ler informações num site de notícias, chegamos à conclusão de que não estamos percebendo ou visualizando nenhuma luz no final do túnel com relação a uma solução política e econômica que tire este país continental do buraco negro em que os governos petistas o colocaram.

São tantas as operações da briosa Policia Federal que trabalha em consonância com a Justiça Federal, chegamos a relembrar aquela célebre frase de Ruy Barbosa, onde ele diz que chegaríamos a uma situação de ter vergonha de ser honesto. Pois bem, o futuro que ele previu, hoje continua sendo uma realidade que enoja e envergonha o brasileiro que luta para que seu país seja mundialmente reconhecido como um dos mais íntegros dentre as potências mundiais.

Diante da atualidade, ontem, por exemplo, a Operação Zelotes, da Polícia Federal, teve mais uma etapa de cumprimento de mandados e prisões de corruptos que uma quadrilha de funcionários públicos da Receita Federal e empresários vinham praticando e furtando os cofres da União.

Dentre os acusados está o filho do ex-presidente Lula da Silva, Luis Claudio Lula da Silva,  como sendo um dos beneficiados da falcatrua que deve, segundo as autoridades que trabalham neste inquérito, ultrapassar os 19 bilhões de reais. Viva a corrupção! Gritou o estabanado Nézim da Manguaça, mais bêbado que peru em véspera de Natal. Arre égua!

O filósofo Zé Praxedes e o sábio Sissi, unidos em um só pensamento, após a análise dos últimos dias e momentos em que a Nação brasileira atravessa negativamente aos olhos do mundo e de seus eleitores que se sentem traídos, chegaram a uma só conclusão: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”.

Eles, com semblantes sisudos, sob o olhar embevecido de nossa Santa Tambura, chegaram à conclusão que, se tirar a carniça, nada muda. Mas, também, se trocar os urubus, a carniça vai continuar incólume dentro do Congresso Nacional que está sendo dirigido por uma matilha de lobos sanguinários e corruptos sob a batuta de dois vândalos mafiosos que, em países evoluídos, estariam atrás das grades.

Não é de hoje que o pixuleco existe e sempre foi blindado pelos petistas, tanto do Executivo, como do comando do próprio partido responsável pela demissão de quase 1,9 milhão de trabalhadores que se sentem traídos por quem deveria lutar em seu favor. O estrago foi feito tanto nas famílias destes trabalhadores quanto nas indústrias fechadas que hoje formam um índice negativo enorme na economia do país. Isso é uma ignomínia!

Disse minha Santa Tambura que a maioria dos políticos faz do Poder um balcão de negócios. Isso é vero! Vou! Fui! Inté!

Vismar Kfouri – jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com Blog: HTTPS:\\kfouriamazoniawordpress.com – Contatos para palestras: 17-991-86-7015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s