O jeitinho brasileiro desapareceu?

Diante da atual conjuntura da administração interina do senhor Michel Temer, que começou errado ao colocar figurinhas carimbadas de raposas para tomar conta do galinheiro nacional, o pessoal da Calha Norte decidiu numa reunião nos cafundós da linda e pirateada floresta amazônica, analisar e mandar para o Planalto algumas sugestões para tirar a vaca chamada Brasil do atoleiro em que os políticos do governo anterior o colocaram.

Na oca do pajé Miratinga, na tribo dos Uru Eu Uau Uau, nas terras do Djaru Uaru, estavam sentados os representantes da linda e gotejante floresta tropical, que é a maior do planeta e que vem sendo sistematicamente depredada e pode interferir futuramente com maior rigor no clima mundial, se não decretarem Desmate Zero Já!

Lá estavam o sábio seringalista Sissi, o morubixaba Mapinguari, o coronel Totó, que já achou seus coturnos lá num afluente do rio Madeira, o Nézin Manguaça que não havia bebido nenhum golinho de pinga de cauim (ainda), o filósofo das selvas Zé Praxedes e o grande jornalista Dom Casmurro de influente jornal amazônico.

Após acalorados debates, surgiram sugestões que iam da hipótese de colocar na presidência do país um general de direita, importado do Egito, para colocar os políticos brasileiros nos eixos, ou convocar o Papa Francisco para exorcizar dos palácios governistas e do Congresso Nacional os maus políticos brasileiros.

Nézim Manguaça, que estava sóbrio neste dia, sugeriu implantar a pena de morte para servidores públicos de todas as áreas e também para os corruptores.

O filósofo Zé Praxedes, o sábio seringalista Sissi e o jornalista Dom Casmurro, que está um pouco acima do peso de tanto comer jatuarana assada com farinha na margem do Madeirão, tiveram a mesma ideia que este escriba e, com certeza também o decano da imprensa rondoniense, Euro Tourinho do centenário e aguerrido Alto Madeira.

A ideia deve ser implementada em noventa dias, convocando novas eleições gerais para o país, mas diminuindo o número de partidos bem como de deputados e senadores que oneram em muito o caixa da economia brasileira. Todos foram unânimes em aprovar a continuidade da Operação Lava Jato e a tornando uma ferramenta anticorrupção permanente, ideia que foi aprovada também pelos jornalistas do DHoje Interior de Rio Preto-SP.

Sissi sugeriu rasgar o atual Código Penal Brasileiro e fazer outro com penas mais duras e, quiçá, até com pena de morte para certos tipos de crimes hediondos e corruptos da pátria. Arre égua! Exclamou o manauara Dom Casmurro, um tremendo jornalista da Calha Norte, mas dando sinal afirmativo para a sugestão.

Nézin Manguaça, por seu lado, ainda sem tomar uma sequer, disse que o “o tempo urge, o povo tem fome e ele está ficando com “sede” e, por isso, as eleições devem ser convocadas imediatamente não sem antes colocar os responsáveis pelos desacertos dos governos anteriores na cadeia”. Arre égua de novo!  Esse Nézin ainda vai ser eleito pra qualquer coisa exclamou o cacique Mapinguari, acho que vão elegê-lo para ser o guardião da porta de entrada do alambique!

Enquanto isso, em Passagardas, o novo comandante continua colocando pessoas suspeitas e investigadas em cargos importantes. Se ele pensa em continuar até o final do processo de impeachment da presidenta Dilma, cometendo erros ou sendo “obrigado” a colocar raposas pra tomar conta do galinheiro, sem dúvida ele não vai chegar a lugar nenhum e a ex-guerrilheira, que colocou o país no buraco que está, poderá voltar ao trono do Palácio do Planalto. Ou isso ou o jeitinho brasileiro vai continuar. Arre égua! De novo? Nihil Est Clarior! Vou! Fui! Inté.

Vismar Kfouri – Jornalista, escritor e ambientalista. kfouriamazonia39@gmail.com Blog: https:\\kfouriamazonia.wordpress.com – Contato P\Palestras: 17-99186-7015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s